A falta de recebimento da parcela de até R$ 1.045,00 do FGTS emergencial não tem causa única; confira o que fazer em cada caso

A primeira parcela do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) emergencial começou a ser depositada em 29 de junho. Um mês depois, nesta quarta-feira (29), trabalhadores nascidos entre janeiro e maio deveriam ter recebido o valor em conta, de acordo com o cronograma da Caixa Econômica Federal (CEF).

Contudo, o relato dos usuários do Twitter não condiz com o cumprimento do calendário. Muitas pessoas demonstram preocupação e frustração com a falta do dinheiro na Poupança Social Digital do aplicativo Caixa TEM, meio exclusivo de pagamentos do saque emergencial do FGTS.

Ao notar o não recebimento do valor em conta, o ideal é que a pessoa se questione qual o motivo disso ter acontecido. O app Caixa TEM ou o app FGTS apresentaram alguma mensagem com informações?

Ao apurar as diferentes respostas para essa pergunta, a redação da FinanZero notou que as razões são inúmeras para o não recebimento do FGTS emergencial. As mensagens do aplicativo diferem bastante entre si. Confira neste post 10 motivos diferentes para não ter recebido a parcela e o que fazer em cada caso.

Veja também – Faça a cotação e receba ofertas pré-aprovadas com o simulador de empréstimo pessoal!

FGTS emergencial e adiamento

Alguns trabalhadores receberam a mensagem de postergação da data de pagamentos do FGTS emergencial: “O crédito foi reprogramado para o calendário seguinte, condicionado à complementação dos dados no app FGTS”.

Veja neste post com detalhes o que gera esta mensagem e o que fazer neste caso.

Sistema modificado no Caixa TEM

Outra mensagem de erro que apareceu para os trabalhadores foi “Não é permitido acesso ao aplicativo Caixa TEM com o sistema modificado”. Trata-se de uma falha operacional do app, e não tem relação com aprovação e/ou liberação do pagamento.

Veja neste post com detalhes o que gera esta mensagem e o que fazer neste caso.

Consulta do saldo no Caixa TEM

Ainda nos problemas operacionais do app, a consulta do saldo também ficou impossibilitada para alguns usuários do app. Da mesma forma que o erro acima, não se trata de uma dificuldade relacionada ao pagamento propriamente dito da parcela de até R$ 1.045,00 do FGTS emergencial.

Veja neste post com detalhes como o problema pode ser resolvido e como consultar.

Cadastro do dispositivo no app FGTS

Trabalhadores encontraram empecilhos para fazer o login no aplicativo FGTS, que permite a ativação da Poupança Social Digital do Caixa TEM e a consulta do saldo total do fundo. A mensagem “Não foi possível cadastrar o dispositivo” fica visível na tela quando o cidadão informa seus dados pessoais.

Veja neste post com detalhes o que gera esta mensagem e o que fazer neste caso.

Falta de contas do FGTS vinculadas ao CPF

Um dos problemas mais complexos, pois demanda ida à uma agência ou posto de atendimento da Caixa, a mensagem “Ops, não localizamos para o seu CPF contas vinculadas do FGTS” sinaliza que o sistema não está encontrando a conta do fundo do trabalhador.

Veja neste post com detalhes o que gera esta mensagem e o que fazer neste caso.

FGTS emergencial não caiu na poupança

Duas mensagens podem aparecer para este caso: “Procure uma agência da Caixa com o seu documento de identificação para regularizar o seu cadastro” ou “Verifique sua solicitação”.

As pessoas que relataram estas mensagens na internet conferiram o saldo de suas contas no aplicativo FGTS, entretanto, também viram que o valor não foi depositado na Poupança Social Digital do Caixa TEM.

Veja neste post com detalhes o que gera estas mensagens e o que fazer em cada caso.

Falha na abertura da Poupança Social Digital

Com o valor de até R$ 1.045,00 no saldo da conta do FGTS, alguns usuários tiveram problemas na criação da Poupança Social Digital do Caixa TEM para receber o dinheiro. A mensagem no app FGTS para os usuários é “Não foi possível solicitar a abertura da sua conta”.

Veja neste post com detalhes o que gera esta mensagem e o que fazer neste caso.

Conta do Caixa TEM bloqueada

As contas bloqueadas do Caixa TEM foram parte de uma estratégia de contenção de danos por parte da instituição financeira, a fim de reduzir o número de vítimas de estelionato e fraude bancária. O banco estabeleceu um calendário para quem teve a conta bloqueada por suspeita de fraude e que precisa comparecer a uma agência ou posto de atendimento.

Veja neste post o calendário de desbloqueio das contas do Caixa TEM.

Contudo, algumas contas foram bloqueadas pela inconsistência dos dados. Estas contas podem ser desbloqueadas virtualmente com o auxílio do WhatsApp e o cidadão pode ter acesso ao seu FGTS emergencial.

Veja neste post como desbloquear as contas do Caixa TEM pelo WhatsApp.

Código por SMS no Caixa TEM

Em mais uma medida de segurança, a Caixa criou um sistema de confirmação de dados por meio de envio de códigos por SMS. A novidade também encontrou obstáculos.

Veja neste post o que fazer se não tiver recebido o código de SMS no Caixa TEM.

Conta não localizada no Caixa TEM

Por último, a mensagem “Conta não localizada” também indica uma falha operacional do sistema da Caixa. Alguns cidadãos relataram frustração em resgatar o FGTS emergencial no app por conta desta dificuldade.

Veja neste post com detalhes o que gera esta mensagem e o que fazer neste caso.

Ficou com mais alguma dúvida sobre o FGTS emergencial? Deixe nos comentários e não se esqueça de seguir a FinanZero nas redes sociais: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.